Qualidade de sementes de porta-enxertos de citros do Jardim Clonal do Centro APTA Citros Sylvio Moreira/IAC

fernando Alves de Azevedo

Abstract


O sistema de produção de mudas de citros tem sofrido grande evolução tecnológica
nos últimos anos, com crescente demanda por sementes de alta qualidade para a obtenção de
porta-enxertos vigorosos e maior garantia de sucesso desde o início do processo. Além disso,
a legislação federal, através da Instrução Normativa 48 do MAPA, de 24 de setembro de 2013,
exige um mínimo de 50% de germinação para a comercialização das sementes de citros no
Brasil. Com este trabalho objetivou-se avaliar a qualidade fisiológica de sementes de limão
Cravo e citrumelo Swingle oriundas do jardim clonal de porta-enxertos do Centro APTA Citros
Sylvio Moreria/IAC. Avaliaram-se o teor de água e a qualidade fisiológica de sementes das
duas variedades, por um período de 12 meses de armazenamento em câmara fria. Os resultados
evidenciam que há perda da qualidade fisiológica das sementes durante o armazenamento,
identificada com a redução da germinação, da velocidade de germinação e da emergência e
aumento da condutividade elétrica, porém sem comprometer os valores mínimos de germinação
exigidos pela legislação vigente. Conclui-se que as sementes de limão Cravo e citrumelo Swingle
do jardim clonal do Centro APTA Citros Sylvio Moreira/IAC, apresentam taxa de germinação
aceitável pela legislação e podem ser armazenadas e comercializadas por até 12 meses.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.